Conheça Tom Dwan, jogador que ficou milionário aos 21 anos

Home » Blog » Conheça Tom Dwan, jogador que ficou milionário aos 21 anos

BLOG

July 16, 2021 7:23 pm

Conheça Tom Dwan, jogador que ficou milionário aos 21 anos

Já se perguntou por que todos nós gostamos de boas histórias? 

Porque isso nos coloca em sincronia com outras pessoas. Nos conecta, nos permite experimentar uma sensação de encanto, seja pela familiaridade ou pelo espanto em relação àquilo que está sendo contado. 

O poker está repleto de grandes histórias e hoje falaremos de uma delas.  

Tom “Durrrr” Dwan é um dos jogadores de poker mais agressivos, temidos e admirados nos últimos tempos. Com menos de 18 anos, Tom já acumulava ganhos expressivos no poker online e conquistou seu primeiro prêmio de 6 dígitos com apenas vinte e um anos. 

É conhecido pelos blefes memoráveis: como quando forçou um oponente com dois pares a bater em retirada, sendo que ele tinha somente um 7 e um 2 nas mãos.  

Quer saber mais sobre essa história? Vem com a gente! 

O começo

Tom Dwan nasceu em 1986 e era filho único em uma cidadezinha pequena chamada Edison, no estado de Nova Jersey nos Estados Unidos. Ao longo da adolescência, Tom tentou a sorte com vários esportes: se aventurou no basquete, baseball e futebol. O jovem franzino e sem jeito não conseguiu se dar bem em nenhuma modalidade. 

Quando era estudante do colegial começou a passar boa parte do tempo sentado na frente do computador sozinho, jogando Sit & Go com uma conta zerada.

Era difícil pensar num bankroll repleto de obrigações com a escola. A solução foi apostar nos torneios online de freerolls nos tempos livres para tentar frequentar os primeiros lugares e beliscar alguma premiação. 

Junto a isso, Tom Dwan começou a participar das jogatinas na casa dos pais e dos tios. 

Certa vez, um amigo lhe convidou para jogar um torneio de No-Limit Texas Hold’em com um buy-in de cinco dólares. Depois não teve mais volta: era comum reunir com os amigos para jogar no Empire Poker, um site com torneios gratuitos. 

A virada de chave 

Dwan conta que, ainda nessa época do colegial, pediu ao pai 50 dólares para colocar no site Paradise Poker. Ele relata que:

“Não foi fácil convencê-lo pela primeira vez, mas tinha certeza de que ele não continuaria depositando para mim. Ele ia pensar que eu era um degenerado ou algo assim”.

O poker e seus estigmas. 

Depois de idas e vindas, Dwan conseguiu aumentar sua conta para 300 dólares, ou seja, seis vezes o valor que ele tinha ganhado do pai. Com isso decidiu, ainda muito jovem, começar a jogar cash game. 

Às vezes é preciso ir mesmo com medo. E ele foi: “eu me lembro da primeira vez que ganhei cem dólares em um dia. Eu estava jogando de vinte e cinco a cinquenta cents e achei aquilo incrível”. 

Na medida em que melhorava o seu nível de poker, Dwan começou a jogar na PokerStars – que, como já dissemos em outra ocasião, se notabiliza por ter um field acirrado. 

Quando estava no último ano do colegial, Tom Dwan foi pressionado pelos pais a conseguir algum emprego “sério”. 

Mas sabe aqueles 50 dólares que havia falado antes?

Agora eram dez mil. 

Dwan não apenas não quis arrumar um emprego formal, como também alugou uma casa na praia para passar o verão com os amigos. No ano seguinte, deveria se apresentar na escola de engenharia da Boston University. 

Jogando poker profissionalmente

Óbvio que Tom Dwan dedicou mais tempo ao poker do que aos estudos de engenharia. Ele não parou de aprender, progredir e aperfeiçoar suas habilidades ganhando ou perdendo mais dinheiro em torneios do que seus colegas ganhavam em um ano. 

“Aumentei meu bankroll para 150k, depois perdi 50k e 60k rapidamente – nesse meio tempo, percebi que estava tomando bomba na faculdade”. 

O jeito foi largar os estudos de vez e se dedicar inteiramente ao poker.

Durrrr

Nos sites em que jogava, Tom Dwan usava o nickname Durrrr (o número de “r” varia de acordo com a plataforma) com o qual ficou internacionalmente conhecido, a partir de 2004. Por essa época, Dwan tinha 18 anos e já havia conquistado vitórias consistentes no poker online. 

Em 2005, Dwan terminou em 12° no importante European Poker Tour. Ou seja: ele já viajava pelo mundo e jogava torneios prestigiados muito jovem. Nos EUA, o seu foco eram os jogos de cash game.    

Nessas idas e vindas Tom Dwan conheceu David Benefield, que também era jogador de poker. Juntos, alugaram um apartamento no Texas para poderem se dedicar a estudar estratégias de poker e conceitos mais avançados.

Um dos motivos que nos ajuda a entender o alto nível de Dwan é que ele nunca teve medo de desafiar grandes jogadores. Com essa mentalidade que sempre o fez jogar em fields difíceis, seu nível subiu muito rapidamente – ao ponto de entrar em mesas de 200 a 400 dólares de buy-in. 

Os resultados e polêmicas envolvendo Tom Dwan

Com o passar do tempo, resultados muito expressivos apareceram e Dwan começou a se consolidar no cenário internacional. Em 2007, quando tinha apenas 21 anos, Dwan chegou à mesa final do World Poker Tour e do Main Event da World Poker Finals em Foxwoods.

Ao terminar em quarto lugar, levou para casa 325.000 dólares. 

No ano seguinte, terminou na zona de premiação no Aussie Millions de 2008 e no segundo lugar do Borgata Poker Open, ganhando prêmios expressivos de seis dígitos.

Em 2008 também foi a primeira tentativa de Dwan de ganhar o bracelete no World Series of Poker (WSOP). O título não veio, mas Dwan conseguiu boas colocações nos eventos paralelos e até aquele momento estava perto de conquistar seu primeiro milhão de dólares em premiações.  

Tom Dwan possui mais de 2.1 milhões em lucro jogando torneios ao vivo, mas apesar do seu talento, não conseguiu um bracelete da WSOP. Seu melhor resultado no torneio foi um segundo lugar na WSOP de 2010 no evento $1.500 No-Limit Hold’em. 

Além disso, é o vencedor do maior pote de poker ao vivo gravado, na 4ª temporada do Full Tilt Dollar Durrrr Challenge, ultrapassando 1.1 milhões de dólares. 

Durrrr Challenge

Em janeiro de 2009 foi lançado o “Desafio Durrrr”. O confronto consiste em jogar 50 mil mãos nas mesas do full tilt. Se ao final desse confronto Dwan vencer, além dos ganhos obtidos, o adversário terá que lhe pagar 500 mil dólares. Se o oponente vencer, além dos lucros, Dwan deve pagar 1,5 milhões de dólares. 

Mas porque lançar esse desafio? 

“Eu não consigo fazer com que muitas pessoas me enfrentem em heads-up. Ainda que haja mais dinheiro a ser ganho em outros jogos, em vez de heads-up em uma ou duas mesas, é bastante interessante e você aprende muito. Acho que posso ter uma vantagem aqui, mas é mais por diversão e um pouco de aposta. É por isso que estou fazendo esse desafio”.  

Dois jogadores aceitaram esse desafio maluco de 3:1. 

O primeiro, foi Patrik Antonius. Ele e Tom jogaram mais 39 mil mãos e Dwan conquistou mais de dois milhões de lucro. Meses depois, houve um acordo e o finlandês desistiu antes do fim.

A tensão com Daniel Cates “Jungleman12” 

O outro jogador é Daniel “Jungleman12” e ambos haviam jogado mais quase 20 mil mãos. Porém, a coisa se arrastou de tal forma que gerou muito desgaste

Dwan foi passado para trás na disputa e Daniel Cates deu uma entrevista bombástica dizendo que aquele havia sido “o maior golpe da história do poker”. Na ocasião, ele alegou que:

“Ele [Tom Dwan] sente que as pessoas estão sendo injustas com ele, porque ele tem me pagado multas a cada dois meses” destacou Cates na época. “Ele gostaria que eu destacasse que ele me pagou entre 700 e 800 mil dólares em multas desde 2010, o que é uma grande soma. Estamos tentando resolver a situação”. 

Essa pendência ainda não foi completamente resolvida. 

O que outros jogadores de poker pensam sobre Tom Dwan?

Em entrevista ao site britânico Poker Player, Daniel Negreanu disse:

“Não acredito que Dwan seja um dos melhores do mundo. Na verdade, ele nunca foi. Dwan adquiriu muito respeito devido a uma boa fase nos nosebleed, mas hoje não tenho dúvidas que ele não treina o suficiente para ser considerado um dos principais jogadores”.

Negreanu é conhecido pelas opiniões fortes e por responder com honestidade às perguntas que são feitas. 

Barry Greenstein, por sua vez, disse: “Tom é muito perigoso e realmente é difícil jogar contra ele. Ele é muito ativo, o tipo de jogador que lhe força a jogar potes. É o capitão da mesa e você sempre sabe que ele está lá. Ele é muito destemido e aceita qualquer competição”. 

Phil Galfond, que já ganhou três braceletes no WSOP, afirmou em certa ocasião que:

“Tom é um enigma. A maioria dos jogadores cai em uma categoria de estilo de jogo, mas Tom criou o seu próprio. Ele é world-class, mas joga muito diferente de todos os outros nesse patamar”.

E continuou…

“Por causa disso, e das enormes viradas que ele dá em mesas caras, qualquer jogador terá opinião diferente dos outros a respeito de seu jogo. No entanto, a única coisa que terão é comum é o fato de serem menos espertos do que Tom”.   

Em um de nossos artigos, falamos sobre “10 jogadores de poker mais famosos dos últimos tempos” e Tom Dwan está na lista, junto com nomes de peso como Viktor Blom, Justin Bonomo e Bryn Kenney. 

A mochila esquecida de 1 milhão de dólares

Esse é um dos episódios que “Durrrr” sempre gosta de contar em suas entrevistas. 

Certa vez, depois de uma noite de grandes conquistas, aconteceu um fato inusitado, quando Tom esqueceu sua mochila com mais de um milhão de dólares em dinheiro e fichas de cassino atrás de uma lixeira nos fundos do Golden Nugget.

Por sorte, na hora de ir embora, Tom Dwan sentiu falta da mochila. Ele já estava no estacionamento, quando voltou correndo e encontrou a mochila no mesmo lugar onde havia deixado:

“Ela estava literalmente deixada lá. Essa mochila, ninguém tinha encostado, ninguém tinha pegado. Era um milhão de dólares em dinheiro e fichas. Não estou inventando isso”. 

Conclusão 

Oferecemos, com frequência, uma série de textos que podem ser acessados gratuitamente em nosso blog, para que você se informe sobre os aspectos que envolvem casas de apostas e o universo do poker.

No artigo de hoje, contamos a história de Tom “Durrrr” Dwan, um dos jogadores de poker mais importantes da atualidade, conhecido pelo perfil de jogo agressivo e ousado. Sua trajetória meteórica o colocou no cenário do poker como uma das maiores promessas dos últimos anos. 

Nos últimos anos, Tom Dwan tem se dedicado a alguns jogos caros no continente asiático, tornando mais difícil saber os seus resultados recentes. Mas, estima-se, que ele já tenha superado – e muito – os dois milhões de dólares em ganhos. 

Além desse conteúdo gratuito, nós oferecemos uma cotação justa para que você possa adquirir fichas online, por meio de transações seguras e confiáveis, graças aos 11 anos de experiência que acumulamos no mercado. Por isso, o que precisar é só chamar a DM créditos que te ajudam a fazer as escolhas mais seguras!