Tabela poker: tudo sobre classificação de mãos

Home » Blog » Tabela poker: tudo sobre classificação de mãos

BLOG

March 24, 2021 6:25 pm

Tabela poker: tudo sobre classificação de mãos

A importância de se conhecer as regras do jogo

Pode parecer bobagem, mas apesar de o poker ter se consolidado como um dos jogos de cartas mais conhecido do mundo, isso não significa que todos os seus fãs e jogadores conhecem com clareza as regras do jogo. O poker possui inúmeras nomenclaturas, termos técnicos e expressões peculiares que podem tornar o entendimento das partidas mais complexo.

A projeção internacional do esporte elevou o seu nível de competitividade e os jogadores ambiciosos precisam ter alguns diferenciais para poder se destacar dentre os seus pares. Um desses diferenciais é um bom conhecimento das regras do jogo.

Nesse sentido, hoje falaremos sobre as tabelas do poker e a classificação de mãos, com o objetivo de esmiuçar detalhadamente quais são as combinações mais fortes e quais são as possibilidades de se ter um bom desempenho nas partidas.

Um bom conhecimento da classificação das mãos, além de básico, é essencial para você antecipar os golpes de seu adversário e fazer uma boa leitura de range.  

A ordem das mãos do poker

O que é uma mão de poker? Bom, uma mão de poker é construída pelas cinco melhores cartas que você tem à sua disposição. No Texas Hold’em, no river, você terá sete cartas e precisa fazer uma combinação com as cinco melhores – sendo que as sobras são chamadas de kicker, cartas muito importantes para critérios de desempate.

Se as suas duas cartas são piores entre as sete cartas você estará “jogando com a mesa”, ou seja, a sua melhor mão não contém as duas cartas que você saiu. Sem saber quais mãos batem outras mãos, dificilmente você conseguirá chegar em um bom nível de jogo. Falaremos, abaixo, da classificação de mãos, da mais forte para a mais fraca: 

Royal Flush – AKQJT

É a mão mais forte do poker. Trata-se de uma sequência formada pelas cartas mais altas do baralho: dez, valete, dama, rei e ás. O importante aqui é mencionar que todas as cartas do Royal Flush devem ter o mesmo naipe. 

Straight Flush – QJT98

Já o Straight Flush é uma mão composta por cinco cartas em sequência de um mesmo naipe – desde que, claro, não seja as cinco mais altas do jogo. É o segundo jogo mais forte e, caso dois players façam a combinação, o vencedor é o que formar a sequência com as cartas mais altas.

Quadra – KKKK6

Uma quadra, como o próprio nome sugere, é uma combinação que diz respeito a quatro cartas iguais. Se dois jogadores fizeram, cada um deles, uma quadra diferente na mesma partida, leva o pote aquele que tiver aquela com maior valor. Se ambos tiverem a mesma quadra, o kicker vai decidir quem é o vencedor da mesa.

Full House – KKKTT

O Full House é a combinação de um trio e com um par. Caso dois jogadores façam o Full House, o que formar o melhor trio leva o pote. Se partilharem o mesmo trio, o desempate será decidido a favor de quem tiver um par mais alto.

Flush – 972KQ

Para formar um flush (cor), o jogador precisa combinar cinco cartas do mesmo naipe. Caso mais de um jogador faça a combinação, o critério de desempate é quem tem a maior carta.

Sequência – JT987

A Sequência é uma combinação de cinco cartas consecutivas, independente do naipe. Caso dois jogadores formem uma Sequência, o pote vai para o que tiver a carta mais alta.

Trio – AAA52

O Trio ou Trinca é uma combinação de poker formada por três cartas iguais. Caso dois jogadores tenham o mesmo trio, o kicker vai determinar o vencedor, uma vez que a mão no poker é formada necessariamente por cinco cartas.

Dois Pares – QQ885

Naturalmente, as mãos com dois pares são compostas pela combinação de dois pares diferentes. O maior par define o jogo em caso de empate. Caso dois jogadores compartilhem o melhor par, então o pote fica com quem tiver o segundo melhor par. Na persistência do empate, o jogo foi definido pela quinta carta.

Par – KK528

Se não forem realizadas nenhuma das combinações acima, quem tiver o maior Par da mesa é o vencedor. Como a mão precisa ter cinco cartas, as “sobras” são os kickers, que definirão o jogo em caso de empate.  

Carta Alta – AQ765

Por fim, caso nenhum jogador consiga combinar alguma carta, a definição do vencedor será pela força das cartas. Se no showdown nenhum jogador tiver um par, leva o pote quem tiver as cartas mais altas. 

Porque devemos entender a força das cartas de poker? 

Os melhores jogadores de poker, além de serem estudiosos do jogo, são aqueles que têm boa capacidade de leitura das mãos. São muitos os fatores que definem se uma mão é forte ou fraca, pois tudo depende da combinação de cartas possíveis naquela partida específica.

O próprio correr do jogo deixa indicativos que ajudam a determinar a força de uma mão no poker. Se, por exemplo, muitos jogadores decidirem por jogar a mão, você deve assumir que eles estão fazendo isso porque podem ter cartas fortes. Agora, se apenas dois jogadores estiverem envolvidos na mão, essa probabilidade diminui.

Um par de ases, por exemplo, é uma combinação muito forte contra um único oponente. Mas se outros quatros jogadores estão colocando fichas na mesa, talvez elas não sejam tão fortes assim.

O estilo de jogo dos adversários é outro fator que ajuda a determinar a força das cartas. Caso eles sejam tight e escolham bem as mãos que vão jogar, quando eles decidem apostar é melhor esperar que tenham uma mão forte. Agora, se os oponentes são looses, o que quer dizer que jogam muitas mãos, a força relativa das suas mãos pode ser que seja bem menor. 

A composição das cartas comunitárias, reveladas a partir do flop até o river, também é determinante sobre quantas mãos potencialmente fortes estão em jogo. Por exemplo, caso você esteja segurando um trio, mas tem-se quatro cartas para flush ou ainda para sequência, a força de sua trinca diminui. Os especialistas chamam isso de mesa molhada.

Da mesma forma, se a mesa é composta por cartas que não tornam possíveis sequências e flushes, a força de sua mão aumenta consideravelmente. 

O fator fichas

Por fim, o número de fichas é outro fator que ajuda a determinar a força das cartas. Em um torneio em que os tamanhos de stacks são pequenos, espera-se que os jogadores arrisquem todas as suas fichas com mãos mais fracas, com medo de morrer nos blinds.

Agora, em cash games, onde os stacks são maiores, a probabilidade de ver jogadores se arriscarem assim, diminui consideravelmente.

Trata-se, no fim das contas, de ter leitura de jogo, algo que se adquire com os estudos e com volume de partidas disputadas: é necessário adquirir experiência para entender essas complexas decisões. Mas, para ajudar nisso, falaremos agora sobre como escolher as melhores mãos iniciais.    

A tabela de mãos iniciais

A tabela de mãos iniciais fornece algumas informações pré-flop a respeito de quais cartas escolher para jogar e como entrar em determinadas partidas. As mãos iniciais são as cartas de bolso com as quais você inicia uma partida.

No Texas Hold’em é muito importante ter um bom conhecimento de mãos iniciais, o que pode interferir positivamente nos seus resultados. Em poucas palavras, você precisa basicamente ser capaz de descartar as mãos ruins e jogar com as mãos mais fortes. 

Mas então, com quais cartas os players devem jogar com boas chances de vitória? Naturalmente não existe uma resposta definitiva para perguntas como essa, uma vez que isso envolve uma série de circunstâncias. Você pode ganhar uma mão com um 72♠ e perder com uma mão de AA, dependendo da mesa.

Entretanto, com uma abordagem correta e bem fundamentada, será mais eficaz – a longo prazo – entrar no jogo com cartas mais fortes, como pares, conectores de mesmo naipe e cartas altas do mesmo naipe, por exemplo.

Existem diversas tabelas e gráficos que mostram as possibilidades em diferentes mãos iniciais, a depender do tipo de jogo, estratégia escolhida e posição na mesa. 

Mas existem alguns princípios básicos que são muito importantes de serem observados. No Texas Hold’em temos 169 possibilidades de mãos iniciais (isso, ignorando naipes específicos). De todas essas mãos, apenas as cinco primeiras são consideradas mãos “premium”.

São elas:

  1. AA
  2. KK
  3. QQ
  4. AK (mesmo naipe)
  5. JJ 

    As outras dez mãos iniciais consideradas fortes são:
  6. 1010
  7. AQ (do mesmo naipe)
  8. AJ (do mesmo naipe)
  9. AK (naipes diferentes)
  10. KQ (do mesmo naipe)
  11. A10 (do mesmo naipe)
  12. KJ (do mesmo naipe)
  13. AQ (naipes diferentes)
  14. 99
  15. JQ (do mesmo naipe)

Se em uma partida, por exemplo, alguém estiver aumentando apostas depois de você, sobretudo se houver outros jogadores pagando as apostas ou aumentando ainda mais, a melhor opção seria apostar apenas se tivesse uma dupla de Ases ou de Reis.

Se pensarmos nesse prisma, percebemos com certa tranquilidade que devemos desistir das mãos algo em torno de 80% das vezes. Claro que os resultados dependem de uma série de fatores, inclusive da forma como você entra em certas mãos. Mas, no fim, são poucas as melhores mãos de poker consideradas “apostáveis”.

A menos que tenha um motivo bom para o jogo, os players iniciantes devem se limitar a escolher entre as quinze melhores mãos do poker. Na medida em que se adquire mais experiência, você pode ir adicionando mais mãos à sua lista de possibilidades. É uma questão de maturação, tempo, volume de jogo.   

A tabela abaixo, da PokerStrategy, contém quatro informações importantes:

  1. Sua mão inicial;
  2. As ações de seus adversários antes de você;
  3. Sua posição;
  4. Como você deve jogar sua mão inicial considerando sua posição atual e as ações dos adversários antes de você;

A primeira coluna informa sobre a sua mão: nela, você verá as possíveis mais iniciais – e, no caso dessa tabela específica, se sua mão não aparecer, a sugestão é que você deve foldar.

Já a segunda coluna informa sobre as possíveis respostas à seguinte questão: qual ação ocorreu antes de você? Naturalmente, caso alguém faça raise antes de você, isso te levará a jogar de um jeito diferente.

Por fim, a última coluna informa sobre o que você deve fazer a depender de sua posição: se você está em uma posição inicial, olhe para a terceira coluna; se está small blind ou big blind, olhe para a última coluna.

O mais importante é que sua capacidade de usar as tabelas como ponto de partida para avaliar a força de uma mão de poker. Mas vale deixar claro que qualquer mão pode sair vencedora ou perdedora dependendo de inúmeras circunstâncias. 

Não é preciso ser nenhum especialista para ler as tabelas de poker: nela estão todos os pares possíveis de cartas na mesa que podem ser distribuídos no Texas Hold’em – sem se levar em conta o naipe das cartas. No caso da tabela acima, os naipes não são levados em conta, apenas se os pares são de naipes diferentes ou mesmo naipe.

Cada jogador, com o tempo, vai poder escolher e delimitar qual a porcentagem de mãos que ele vai jogar, a depender do seu estilo e estratégia – se for mais conservador, as opções são mais estreitas, se for mais agressivo, elas se ampliam. 

Conclusão

Um bom conhecimento das tabelas de poker podem te ajudar a crescer no esporte e a melhorar consideravelmente seu nível de jogo. Em um esporte cada vez mais competitivo, torna-se cada vez mais importante buscar diferenciais e, uma boa compreensão das tabelas e combinações, certamente, é um deles.

Além de uma série de textos que disponibilizamos de forma gratuita em nosso blog e que podem te ajudar a melhorar o seu nível de jogo, oferecemos uma cotação justa no mercado para que você possa adquirir fichas online, por meio de transações seguras e confiáveis, graças aos 11 anos de experiência que acumulamos no mercado.

O que precisar é só chamar a DM créditos que te ajudamos a fazer as escolhas mais seguras!